Tudo o que você precisa saber sobre implante dentário

Você sabia que todos os dentes humanos têm a sua função? Por isso, todos eles são necessários para que haja um equilíbrio da arcada dentária e das funções mastigatórias. Portanto, se um deles é perdido, é fundamental fazer a sua substituição, e um dos melhores métodos para isso é o implante dentário.

Esse tratamento trata-se de uma solução definitiva para promover a reabilitação oral protegendo a saúde e valorizando a estética do sorriso. Consiste na fixação de uma raiz artificial no osso alveolar, que é aquele que serve como base para os dentes naturais. Sobre ela é colocada uma prótese com características similares aos demais dentes. Essa raiz artificial se trata de um pino confeccionado geralmente em titânio, que é um material biocompatível. O pino de titânio é posicionado no interior do osso (que é o implante em si) e, com o passar do tempo, o tecido ósseo se regenera, envolve-o e faz com que fique totalmente fixo na boca, integrado a essa base. Por esse motivo, o implante dentário não pode ser removido da boca como acontece com as próteses móveis (dentaduras). Isso faz com que ele tenha uma eficácia maior, porque traz mais segurança e confiança para o paciente sorrir, falar e mastigar.

O procedimento de implante dentário é composto por etapas diferente e não é tão rápido, porque ele depende da regeneração de tecidos para fixar o pino, o que leva alguns meses. Primeiramente, é feita a avaliação e o planejamento, onde, através de exames para estudar a estrutura bucal e os tecidos de base, o profissional observará as necessidades e as caraterísticas do paciente.

A próxima etapa é a cirurgia, que é voltada para a fixação do implante no osso e a osseointegração, etapa que envolve o pós-operatório. É nesse momento que o tecido ósseo começa a se regenerar e se aproxima do implante, fixando-o à base. Por fim, ocorre a reabertura do implante, quando o especialista remove a tampa de proteção e instala o cicatrizador. A fixação da prótese é a última etapa do tratamento. Quando a gengiva já estive cicatrizada, o paciente retorna ao consultório para retirar o cicatrizador e fixar a prótese. Então, ele estará com o seu sorriso completo e reabilitado.

Umas das principais dúvidas dos pacientes é se o implante dentário tem a possibilidade de ser rejeitado pelo organismo. E a resposta é NÃO. É utilizado um material que o corpo não entende como nocivo e o integra ao organismo. No entanto, é importante seguir algumas recomendações para ter uma boa recuperação, como: evitar alimentos duros ou difíceis de mastigar; manter uma boa higiene bucal; administrar corretamente os medicamentos; evitar tocar o local operado; procurar não se deitar sobre o lado operado nos primeiros dias e evitar agressões como bochechos vigorosos ou pancadas.

O valor do implante dentário varia muito em função de diversos fatores. O tratamento pode ter um orçamento maior ou menor dependendo de quantos dentes serão substituídos e do tipo de material utilizado. Mas uma coisa é certa, ele é eficaz, seguro, funcional e garante uma excelente estética para o sorriso. Por isso, ele é uma ótima alternativa para substituir dentes faltosos, recuperando a arcada dentária e também a autoestima para sorrir com liberdade e confiança.

Gostou do post? Então, continue conhecendo tratamentos modernos para cuidar bem do seu sorriso, através do nosso site.

Posts Relacionados

A carga imediata é um procedimento que em apenas 72 horas (três dias), realiza-se a colocação dos implantes e a instalação de um prótese totalmente fixa e altamente estética. No entanto, é preciso uma avaliação bastante criteriosa e alguns exames de imagens para garantir um sorriso com total conforto, eficiência e segurança.